sábado, 17 de setembro de 2016

Como fazer para economizar a bateria do smartphone

Bateria
1-Bateria com pouca carga

Você está precisando fazer uma ligação urgente, dar um aviso importante, desmarcar um compromisso na última hora ou fechar um grande negócio e... A bateria acaba! O carregador ficou em casa. Pede emprestado e ninguém tem. Você já esteve nesta situação?

O uso de smartphones hoje é uma realidade e são aparelhos muito úteis, "quebram um galhão" mas perdem energia "de montão"! 

E fundamental que a bateria do aparelho tenha um bom tempo de autonomia, o máximo possível. Há diferenças de acordo com marca e modelo nesta autonomia, uns para mais outros para menos. Porém algumas medidas simples ajudam à evitar a surpresa desagradável de estar sem carga na bateria no pior momento.

Diminua o brilho da tela

Moto G
2-Exemplo de ajuste de brilho
A tela do smartphone é o que mais consome energia no aparelho. É responsável por cerca de 70% do consumo. Para evitar desta forma gasto desnecessário, é interessante diminuir o máximo o brilho da tela. Por mais que ao ar livre seja necessário aumentar o brilho para poder enxergar devido à claridade do ambiente, adquirir o hábito de diminuir o brilho quando não precisar mais vai dar uma "vida" mais longa à sua bateria.

A imagem acima é de um Moto G, um aparelho onde é fácil o acesso ao recurso de brilho da tela. Porém dependendo do modelo do seu celular, pode ser que o recurso esteja "escondido". Aplicativos como o Screen Filter ajudam, permitindo que você ajuste direto da tela principal do aparelho por um atalho. Indico esse link para mais detalhes deste aplicativo.


Outra coisa é o ajuste automático de brilho, que é um recurso interessante porém é "tapa aqui descobre ali", pois a medição de luminosidade também gasta muita energia. Se o seu aparelho tiver tal recurso, o melhor para uma maior duração da bateria é deixá-lo desativado.

Desative o "net aéreo", o "dente azul" e o "sentinela"

O título é uma brincadeira com a tradução de WiFi e Bluetooth, mais as Notificações. Além disso, a vibração é outra função "fominha".

Neste caso o "hábito faz o monge", dando longa vida à carga e vida útil da bateria, uma vez que você diminuirá o número de recargas, o que significa gastar menos ciclos de recarga que "envelhecem" mais rápido a peça. Criar o hábito de desativar o Wifi e Bluetooth sempre que não estiver usando.


Moto G
3-Controle da Vibração do smartphone
Evitar usar a vibração é também uma boa sacada, na medida do possível. Vai da necessidade de cada um, se o mais importante é preservar a carga da bateria mais tempo ou simplesmente estar com o celular sempre à postos, mesmo em reuniões, usando a vibração.

Moto G Android
4-Controlar Notificações
O "sentinela" chamado Notificações pode te deixar sempre por dentro de novas mensagens, publicações em redes sociais e atualizações em geral. Porém, como qualquer recurso disponível no aparelho, há um custo ou um gasto extra de energia. Vale avaliar cada um da necessidade de estar sempre atualizado de novas interações, mensagens, e-mails etc.

Moto G
5-Notificação de apps

Encontre nas configurações do seu aparelho a opção Som e notificações ou similar, localize a Notificação de apps. Há também a opção de avisar ou não de atualizações quando o aparelho estiver bloqueado. Neste caso desativará sempre que bloqueado. É uma alternativa, dependendo do tempo que você deixa seu aparelho bloqueado. Atente também o tempo ocioso do aparelho para apagar a tela se não está muito extenso. O ideal é menos de um minuto.

Limite o número de aplicativos simultâneos

Aplicativos rodando em segundo plano, como em "stand by", são "comedores" vorazes de bateria.


Google Play
6-Fechar todos os aplicativos
O aplicativo gratuito Fecha todos aplicativos é uma ótima opção para fechar rapidamente os apps em uso, além de liberar memória. É um programa simples e objetivo, grátis e sem propagandas. A dica é colocá-lo como widget para que num toque ele feche e libere memória.


Google Play
7-Interface do Fecha todos aplicativos
Como você pode conferir na interface do aplicativo, não há "enrolação". É abrir e tocar em "FECHA TODOS APLICATIVOS GRÁTIS". Mas colocando como widget você "economiza" um toque. Pode deixar na tela principal do seu aparelho e num toque fechar os aplicativos em segundo plano "comedores" de bateria, liberando também memória, "aliviando" a barra do celular.


Android Moto G
8-Acesso aos widgets
O acesso aos widgets do seu aparelho pode ser feito apenas tocando e segurando direto na tela até aparecer a opção, como na imagem acima, ou acessando o menu do aparelho, configurações e aplicativos. Aparecerá a lista de aplicativos de seu aparelho, onde você deve deslizar até encontrar o app Fecha...:


Android Moto G
9-Widget fecha todos aplicativos
Toque e pressione o ícone do aplicativo até aparecer a tela principal do seu aparelho, onde você poderá escolher onde irá deixar o widget. Ao terminar, você poderá num toque apenas executar o app sem precisar abri-lo.

Carregue a bateria quando receber o aviso no aparelho e recarregue até 100%

Android Moto G
10-Aviso de bateria fraca
Como já diz o nome: smartphone, ou seja, "telefone inteligente". Se você procurar nos motores de busca da web, encontrará várias matérias sobre "mitos" de baterias de celulares. Um deles é o de que é preciso deixar a bateria acabar completamente para poder recarregar, evitando assim "viciar", evitar o "efeito memória". Isso faz sentido nas baterias de Níquel-Cádmio. Desta forma, esses "mitos" são mal entendidos. Atribuem às baterias de Íon de Lítio usadas nos "telefones inteligentes" características daquela outra, usada em celulares mais antigos, além das pilhas recarregáveis muito usadas nos tempos em que as câmeras digitais eram febre. Outro "mito" é de que a bateria é prejudicada se após carregar 100% continuar conectada no carregador. Um celular inteligente "sabe" quando sua carga atingiu o máximo e automaticamente pára de carregar e passa a alimentar normalmente o dispositivo. Você nota que a fonte do carregador esfria. Se o seu aparelho estiver no modo avião, também vai "ficar frio", pois não estará buscando sinal de rede. Estará relaxando "numa boa".

Quando se trata de smartphones, a bateria é inteligente também. Não há efeito memória e problema de viciar. Por outro lado, diferente das baterias de Níquel-Cádmio, não é recomendado deixar a bateria descarregar por completo. Aparecendo o aviso para conectar o carregador, conecte o quanto antes possível. E se acabar a carga completamente, evite deixar muito tempo sem conectar o carregador para evitar inutilizar a bateria.

Por fim, é importante deixar carregando até completar sempre que possível, pois quando você tira o carregador "gasta" um ciclo de recarga, o que é semelhante à menos um ano de vida do componente.

Cuidado com altas temperaturas

Smartphone
11-Ilustração de celular "suando"
Esse é outro fator que diminui a autonomia da bateria. Aparelho eletrônico nenhum "é chegado" à uma temperatura muito acima da que ele mesmo gera. Celulares inteligentes são computadores portáteis praticamente e, tal como o computador clássico, precisa de ter sua temperatura controlada para não danificar ou queimar componentes, além é claro, diminuir a vida útil. Naturalmente que a bateria vai durar menos se o aparelho estiver "bronzeando" muito ou frequentando muitas saunas.

Mas além do ambiente, o próprio aparelho aquece muito quando ligado no wifi, bluetooth ou rede de dados; durante o carregamento da bateria; enfim, quando em processamento intenso. Então novamente, o hábito de desativar o que não está usando faz o monje aproveitar melhor e mais tempo seu aparelho.

Escreva nos comentários, clique em curtir, visite a página do Facebook  e compartilhe com seus amigos. Até a próxima!


Imagens capturadas de um Moto G 3ª geração e um LG L40 D175

Nenhum comentário:

Postar um comentário